fbpx

Começou! O baseball das grandes ligas está de volta. Que coisa boa! Na nossa primeira coluna semanal sobre a AL Central da temporada regular, vamos analisar o começo dos 5 times da divisão depois de quase uma semana inteira de baseball.

Se você está chegando agora na seção de baseball do Sports da Massa, seja bem-vindo. Nossos textos são divididos pelas divisões da MLB em colunas com publicações semanais. A MLB é dividida em 2 duas ligas, a Liga Americana e a Liga Nacional, e cada liga tem três divisões: East, Central e West. A cada dia da semana (de segunda a sábado) cobrimos uma divisão, com um texto extra no domingo sobre curiosidades ou histórias da MLB. Esta coluna, em especial, cobre os times da AL Central, Chicago White Sox, Cleveland Indians, Detroit Tigers, Kansas City Royals e Minnesota Twins.

Bem, então vamos lá. A primeira semana da AL Central, como já dito no título, foi bem agitada. Tivemos dois quase-no-hitters, um por Jordan Zimmerman dos Tigers e um por Lucas Giolito, ambos levando passando mais de 6 entradas sem um rebatida. Além disso, tivemos séries bem movimentadas entre White Sox, Royals, Indians e Twins. Destaque para a já importante série de Opening Day entre Twins e Indians, os dois times que devem brigar pela divisão.

Minnesota Twins (4-1)

O Twins começou a temporada enfrentando os Indians em Minnesota, em uma das séries mais esperadas do Opening Day. E por pouco os Twins não varreram o time de Cleveland, ganhando dois de três jogos.

O primeiro jogo da série, no Opening Day, foi um verdadeiro duelo de arremessadores, com Corey Kluber e Jose Berríos dando show no montinho. No final, melhor para Berríos, que terminou o jogo com 7.2 IP, 10 strikeouts, apenas 2 hits e nenhuma corrida cedida. Marwin González, fazendo sua estreia pelos Twins, impulsionou os também estreiantes Nelson Cruz e C. J. Cron para anotar as únicas duas corridas do jogo, que acabou em 2-0. O segundo jogo da série também foi dominado pelos arremessadores, com os Indians escapando com a vitória na parte alta da nona entrada. Depois de um começo devagar nos dois primeiros jogos, o ataque dos Twins acordou no terceiro jogo do ano, anotando nove corridas em 15 rebatidas. Destaque para Nelson Cruz, que terminou 3-5 com 2 RBIs e o primeiro HR do ano.

Após a série em casa contra os Indians, o time de Minnesota abriu ontem a série contra outro rival de divisão, o Kansas City Royals. O primeiro jogo da série foi bem disputado, com uma vitória emocionante dos Twins, depois de empatar o jogo na parte alta da nona e virar na parte alta da décima entrada. Com o resultado de hoje outra vitória sobre os Royals em jogo disputado, os Twins terminam a semana 4-1 e na liderança da divisão!

José Berríos teve atuação impecável contra os Indians no Opening Day. Foto: Bruce Kluckhohn/Associated Press

Detroit Tigers (4-3)

O Detroit Tigers é o único time da divisão que não enfrentou nenhum adversário dentro da divisão até agora. Os Tigers começaram o ano em Toronto, enfrentando os Blue Jays, e agora estão em Nova Iorque, enfrentando os Yankees. Outro fato curioso é que os Tigers jogaram literalmente todos os dias até aqui, com 7 jogos em 7 dias desde o Opening Day. Na verdade, o primeiro dia de folga pro time de Detroit só acontece na sexta-feira, depois de 8 jogos seguidos.

Como dito na introdução, o ponto alto da semana dos Tigers foi o quase no-hitter de Jordan Zimmerman no Opening Day. Zimmerman lançou 6 2/3 entradas sem ceder uma simples rebatida, mas mesmo assim não ficou com a vitória no confronto. O jogo terminou 0-0 depois das 9 entradas e foi para entradas extras. Na parte alta da décima entrada, Christin Stewart bateu um HR de duas corridas e deu a vitória pros Tigres por 2-0.

Os Tigers tiveram um começo de temporada interessante até aqui, com o ataque ainda devagar, mas com os arremessadores dando conta do recado. Foram apenas 12 corridas anotadas em 7 jogos até aqui, menos de 2 por jogo, mas mesmo assim o time está com o recorde de 4-3. Depois de dividir a série com os Blue Jays em duas vitórias cada, os Tigers impressionaram ontem e hoje ao vencer um dos favoritos ao título da World Series, os Yankees, vencendo a série contra o time do Bronx. A partir de amanhã, os Tigers enfrentarão o Kansas City Royals, rival de divisão.

Jordan Zimmermann lançou 6 2/3 entradas sem ceder nenhuma rebatida no Opening Day dos Tigers. Foto: Nathan Denette/AP)

Chicago White Sox (2-3)

Os Sox são um dos três times da divisão com um recorde negativo até agora, mas isso não necessariamente significa que o time vem mal até aqui. As três derrotas foram todas por 2 corridas, em jogos bastante disputados.

O time abriu a temporada em Kansas City e teve dificuldade no primeiro jogo, anotando todas as suas três corridas na última entrada. O segundo jogo da série foi lá e cá, com os cubanos Abreu e Moncada anotando HRs e 5 RBIs para a equipe de Chicago. O jogo 3 viu uma performance genial de Lucas Giolito, a melhor até agora em sua carreira! Giolito lançou um no-hitter por 6 1/3 entradas antes de ceder duas corridas na parte baixa da sétima. A essa altura, entretanto, o jogo já estava 6-0 para os Sox e Giolito ficou com a vitória.

Depois de Kansas City, a próxima parada dos meias brancas foi em Cleveland para uma série de apenas dois jogos. A série começou na segunda e viu os Indians levarem o primeiro jogo depois de anotarem 4 corridas na parte baixa da oitava. Os White Sox tinham acabado de tomar a liderança na parte alta da oitava com uma dupla de Yoan Moncada, que começou o ano muito bem por sinal, e um pinch hit HR de Ryan Cordell, suas primeiras corridas impulsionadas da carreira. No jogo seguinte, no entanto, os Sox empataram a série, com uma sonora vitória de 8 a 3 sobre os rivais. O destaque fica para Carlos Rodón, que permitiu apenas uma corrida, um walk e dois hits em 6 innings de trabalho, anotando 9 strikeouts.

Lucas Giolito foi outro arremessador que quase teve um no-hitter completo na AL Central, tendo o melhor jogo da sua jovem carreira. Foto: AP Photo/Ed Zurga

Cleveland Indians (2-3)

Os grande favorito ao título da divisão, o Cleveland Indians, não começou bem o ano, em especial, o ataque. Na série contra os Twins no fim de semana, os Indians não marcaram mais de três corridas em nenhum jogo, ainda perdendo o único jogo em que chegaram a marcar três.

Como dito anteriormente (ver seção dos Twins), os dois primeiros jogos da série do Opening Day foram dominados pelos pitchers, com cada time vencendo um jogo. Os Indians contaram com boas performances de Corey Kluber e Trevor Bauer, apesar de nenhum ter ficado com a vitória. O terceiro jogo foi dominado pelos Twins, que chegaram a estar vencendo por 8-0 em um ponto do jogo.

Os Indians voltaram para Cleveland na segunda-feira para abrir a série contra o White Sox. De novo, o ataque teve dificuldades, mas dessas veza derrota foi evitada. Depois de anotar apenas 1 corrida nas primeiras 7 entradas, a Tribe contou com erros dos White Sox e walks para anotar 4 corridas na oitava entrada e vencer por 5-3. No entanto, hoje, uma performance abaixo do esperado de Corey Kluber e um ataque anêmico permitiu outra derrota, enterrando os Indians em um recorde de 2-3.

É importante ressaltar que os Indians estão sem, e provavelmente por um bom tempo, o seu melhor jogador Francisco Lindor. Jose Ramírez também sentiu uma lesão logo antes do Opening Day, então é possível que ele não esteja 100%. Entretanto, apesar de ser só o começo da temporada, a ineficiência do ataque dos Indians já é um pouco preocupante.

Trevor Bauer e os arremessadores dos Indians foram bem, mas o ataque ainda não começou a temporada. Foto: Jason Miller/Getty Images

Kansas City Royals (2-3)

Os Royals talvez tenham sido o time mais empolgante de se acompanhar nessa primeira semana da AL Central, em que pese seu recorde. Semana passada falávamos como a diretoria e o técnico Ned Yost planejam usar a mesma formula de defesa + velocidade que levou os Royals ao título de 2015 na equipe de 2019, e a equipe parece pronta para isso! O time já está com uma média de pelo menos uma base roubada por jogo na primeira semana do ano.

Abrindo o ano em casa, os Royals levaram dois de três jogos contra o White Sox em confrontos que foram bem abertos, 5-3, 8-6, 3-6. Depois disso, os Royals receberam os Twins, com a série começando na segunda. Depois de assumir a liderança na oitava entrada, o time de Kansas City acabou deixando a vitória escapar e vendo os Twins virarem na 10ª entrada. Hoje, outra derrota, após os Royals deixarem escapar uma vantagem confortável após anotarem 5 corridas no quinto inning. Ainda assim, nada mal para Kansas City.

Uma das principais razões para esse começo empolgante dos Royals se chama Adalberto Mondesi. O shortstop de apenas 23 anos começou o ano com tudo. Nos primeiros 5 jogos do ano, ele já tem 9 rebatidas, sendo que apenas 4 dessas foram singles. O homem já tem três duplas, e mais impressionante ainda, 2 triplas em apenas 5 jogos! Ah, e ele já tem um roubo de base também, 5 corridas anotadas e 5 impulsionadas.

Mondesi deve ser figura chave para o sucesso dos Royals esse ano, que já de cara mostrou as cartas nessa nova leva de defesa e velocidade que a diretoria tenta implementar.

Adalberto Mondesi começou o ano com tudo: já são duas rebatidas triplas em apenas 5 jogos. Foto: Benny Sieu/USA TODAY Sports)

Próximos confrontos

A segunda semana da temporada regular vê os times da AL Central saindo de dentro da divisão um pouco mais. Os Twins vão para a costa leste para enfrentar os Phillies e os Mets em duelos interliga, enquanto o White Sox recebe os Mariners e os Rays, e os Indians recebem os Blue Jays em Cleveland. Os Tigers, que ainda não enfrentaram ninguém da divisão, recebem os Royals e os Indians em Detroit. Já KC, joga seus primeiros jogos fora de casa no ano ao ir a Detroit antes de voltar para casa para enfrentar os Mariners.

Destaque para os duelos entre os arremessadores dos Twins e o poderoso ataque do ainda invicto Phillies, em Philadelphia. Será um bom teste para o líder da AL Central. Quem estará no topo na semana que vem? Deixe sua opinião!

#MLBdaMassa #RallyTogether #AlwaysRoyal #MotorOn #MNTwins #WhiteSox

Colunas anteriores

PRÉVIA DA AL CENTRAL: INDIANS LEVAM O TETRA?

AL CENTRAL: UMA REVISÃO A UMA SEMANA DO FIM

Tags
Mostre mais

Fernando Borges

Original do Rio de Janeiro, morando em Chicago. Fanatico pelos esportes americanos. Trazendo semanalmente todas as noticias da AL Central da MLB.

Artigos Relacionados

1 thought on “AL CENTRAL: TWINS LARGAM NA FRENTE”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close