fbpx
Pittsburgh Penguins

APESAR DAS DERROTAS, BOAS NOTÍCIAS PARA OS PENGUINS

E ai galera fã da NHL e torcida dos Penguins. Pittsburgh teve um ótimo inicio de semana. Terça feira venceu os Capitals por 5×3. Já na quinta feira, os Pens não encontraram problemas para vencer o Sabres por 5 x 0. Ai apareceu um back to back na tabela, sábado na hora do almoço contra o Blues, e domingo contra o rival Flyers. Duas derrotas, 5×1 pra St. Louis e 2 x 1 pro Philadelphia Flyers. Apesar das derrotas, Pittsburgh mostrou que está afiado para os playoffs.

(Photo by Joe Sargent/NHLI via Getty Images)

SÁBADO CONTRA O ST. LOUIS BLUES

Nesse jogo os Penguins pareciam estar patinando de calça jeans. E o Blues jogou com muita intensidade. Não sei se foi sapato alto pelas últimas vitórias, mas os Pens pareciam preguiçosos no gelo. Muitos turnovers e aqueles erros na transição que vem acontecendo com Pittsburgh durante toda a temporada.

Porém os Penguins mostraram poder de fogo e disparam 40 vezes, contra apenas 26 dos Blues. Jordan Binnington roubou uma vitória para o Blues. E St. Louis está 5-0-1 nos últimos 6 jogos em Pittsburgh. Provavelmente é o visitante mais indigesto da liga para os Penguins.

(Photo by Joe Sargent/NHLI via Getty Images)

DOMINGO CONTRA O PHILADELPHIA FLYERS

No momento que a torcida do Pittsburgh Penguins soube que Evgeni Malkin vai desfalcar o time por algumas semanas, teve um mau presságio. E esse pressentimento acabou se realizando com roteiro de filme de terror: Após segurar o 1 x 0 durante 59 minutos. Pittsburgh tomou o gol do empate de James van Riemsdyk faltando 20 segundos para acabar o jogo. E perdeu na prorrogação nos segundos finais com um gol de Couturier.

Os Penguins dispararam 42 vezes e foram o melhor time no gelo em boa parte do jogo. Matt Murray se recuperou bem do jogo de sábado e fez 36 saves. Mas não importa o cenário, Pittsburgh precisa achar um jeito de matar esses jogos apertados. Essas derrotas frustrantes ocorreram durante toda a season.

(Photo by Joe Sargent/NHLI via Getty Images)

O power-play desse fim de semana foi pavoroso. Essa unidade tão decisiva foi 0-8 nos dois jogos. Por outro lado, o penalty-kill teve um sólido 4-5. Matou duas penalidades seguidas dos Flyers no terceiro período, em um momento empolgante.
Agora é pé na estrada, terça os Penguins jogam contra um adversário direto pela última vaga da Metropolitana, o Carolina Hurricanes, fora de casa.

Tags
Mostre mais

Danilo Santos

Nascido em 1981, formado em Letras, fã dos esportes americanos desde o Dream Team 1992. Torcedor do Pittsburgh Penguins desde 2009 na NHL. Sofre na NFL com o New Orleans Saints desde 2004 e tem a honra de torcer para o Boston Celtics na NBA desde 1992.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close