fbpx
New York Rangers

BEM-VINDOS À NOVA YORK

Os dois melhores prospectos assinam contrato com o New York Rangers, e o rebuild vai ganhando cada vez mais forma

HEY! HEY! HEY, HEY, HEY RANGERSTOWN! Após muita espera, finalmente os melhores prospectos fazem parte do New York Rangers. Vitaly Kravtsov (selecionado no último Draft) e Ygor Shestyorkin (provável sucessor de Henrik Lundqvist) assinaram seus primeiros contratos com os Blueshirts e farão parte do elenco para a próxima temporada. Ou, na pior das hipóteses, passarão um tempinho em Hartford para se adaptarem ao menor rink americano.

De quebra, os Rangers ainda trocaram sua escolha de segundo round de 2019 pelo promissor Adam Fox com o Carolina Hurricanes. Uma transação já esperada dado o interesse de Fox em atuar pela franquia da Big Apple após disputar a temporada do NCAA por Harvard.

REVOLUÇÃO RUSSA

Após se destacar nos playoffs da KHL e ser selecionado pelos Rangers, Vitaly Kravtsov manteve o bom nível – Foto via Blue Seat Blogs

Kravtsov, nona escolha geral do Draft de 2018, chega a Manhattan após 21 pontos (8 gols) na última temporada da KHL com o Traktor Chelyabinsk. Números comparáveis aos de estrelas como Nikita Kucherov e Artemi Panarin na liga russa. Ele teve destaque também no Mundial Júnior com 2 gols e 4 assistências, em uma participação abreviada devido uma lesão. Deve-se considerar ainda que Vitaly jogou fora de posição o campeonato.

Shestyorkin foi selecionado pelos Blueshirts em 2014 no quarto round. Por não encontrar espaço no plantel nova iorquino e por estar sob contrato com o SKA São Petersburgo da KHL, seguiu atuando na Rússia. E seu desempenho foi de encher os olhos: pouco mais de 1 gol sofrido de média, com dez shutouts na temporada 2018/2019. E seu percentual de defesas de 95% está entre as melhores na história da segunda liga de hockey mais forte do mundo.

O uniforme é parecido: Ygor Shestyorkin chega aos Rangers após excelentes atuações no hockey russo – Foto via site oficial do SKA St. Peterbourg

Atributos que colocam Shesty como o provável herdeiro de Lundqvist na meta dos Rangers, já que Hank tem mais 2 anos de contrato e se aproxima da aposentadoria. Por enquanto, ele deve travar uma bela disputa com Alexandar Georgiev para ser o reserva imediato do King já a partir do training camp em setembro.

PEDIDO ATENDIDO

Outro prospecto a integrar o time foi adquirido via troca. Adam Fox, escolha de terceiro round em 2016 pelo Calgary Flames mas que tinha seus direitos vinculados aos Hurricanes, foi trocado para os Rangers por uma escolha de segundo round de 2019 (que será a 37ª geral) e mais uma condicional de terceiro round de 2020. Se Fox atuar em pelo menos 30 jogos em 2019/2020, ela passará a ser de segundo round.

Adam Fox foi um dos melhores prospectos do College na temporada – Foto via Richard Gagnon/Getty Images

Trata-se de uma “bola cantada” uma vez que Fox (nascido em Jericho, Nova York) manifestou desejo em atuar pelos Blueshirts em vez de assinar com os Canes. Jogando pela universidade de Harvard, fez 48 pontos na última temporada (líder do time) e foi eleito pro sexteto ideal da divisão Leste e foi finalista do troféu Hobey Baker, dado ao melhor jogador da NCAA na temporada.

Ele ainda fez parte da seleção norte-americana campeã do Mundial Júnior em 2016 e está com o time adulto (juntamente com Chris Kreider e Brady Skjei) no Mundial que começa hoje na Eslováquia.

#NYRangersDaMassa #NYR #LGR #BrasilTemNHL

Tags
Mostre mais

Diego Diaz

Fã de Heavy Metal que acha que o Testament deveria estar no Big Four e Dio melhor que Ozzy, torce/sofre com Lakers, Knicks, NY Rangers e São Paulo FC. Considera que Phil Jackson foi melhor técnico do que GM e Pat Riley o inverso enquanto Henrik Lundqvist é o maior jogador da história dos Rangers.

1 thought on “BEM-VINDOS À NOVA YORK”

  1. Esse Rebuild ta promissor ein!!! 👏👏👏 em breve voltaremos aos playoffs!!! Se trouxer o panarin na off, ano que vem ja da! Hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chegar

Close
Close