fbpx
Denver Nuggets

CONTAGEM REGRESSIVA: FALTAM 15 JOGOS!

Estamos em março, mês derradeiro da temporada regular da NBA. Para os times de tank, as atenções são voltadas ao March Madness, mata-mata do torneio universitário. Para os times intermediários, a expectativa é que o tempo passe o mais rápido possível para planejar a próxima temporada. Os times que ainda aspiram uma vaga nos playoffs, brigando pelos último seeds, sofrem com a tensão neste ponto da temporada; para os já garantidos ou que estão 99% garantidos, a sensação é de saturação. É esse o caso do Nuggets. Com uma campanha acima da expectativa, a vontade é de que a temporada acabe amanhã, enquanto nos seguramos no segundo lugar da conferência.

O momento não é dos melhores e o time sofre de altos e baixos. Coincidindo com isso, vemos o Rockets em ascensão e ameaçando a segunda posição. Contudo, a vaga na pós-temporada é certa e luta do time é para manter o maior seed possível.

Na coluna de hoje, vamos falar sobre o que está por vir na temporada e sobre o último jogo do time.

AJUSTES NA ROTAÇÃO

A grande notícia em Denver nessa semana, foi a decisão de Michael Malone de tirar Isaiah Thomas da rotação de forma definitiva até o final da temporada. IT voltou contra o Kings, antes do All Star Break, e jogou ao todo, nove partidas com médias de 8.6ppg, com um aproveitamento pífio de 37% e apenas 27% do perímetro.

Era visível que Thomas não encaixaria em Denver. O time é muito melhor com Morris sendo o backup de Murray, e a presença de IT, apenas prejudicava o nosso depth, que é o principal trunfo do time na temporada. Morris vem com 10.4ppg, arremessando 49,1% e com 42,2% 3-FG e tornou a decisão de Malone fácil.

Isaiah assinou com Denver na última FA com a esperança de provar o seu valor e barganhar um contrato grande posteriormente. Com as dificuldades nessa temporada, o sonho de IT parece estar cada vez mais longe.

Crédito: LA Times

Com a decisão, Malone também deixou claro de como planeja o usar o time nos playoffs. O treinador irá utilizar uma rotação de oito jogadores. Com isso, além do quinteto titular, Plumlee, Morris e Beasley serão as peças vindo do banco para as séries de playoffs.

TABELA RESTANTE

O caminho até a pós temporada não será fácil. Denver tem uma das tabelas mais difíceis da liga e terá que suar para manter o segundo lugar:

Vs Indiana Pacers

@ Boston Celtics

@ Washington Wizards

@ New York Knicks

@ Indiana Pacers

Vs Detroit Pistons

@ Houston Rockets

@ Oklahoma City Thunder

Vs Washington Wizards

MÊS DE ABRIL:

@ Golden State

Vs San Antonio Spurs

Vs Portland Trail Blazers

@ Portland Trail Blazers

@ Utah Jazz

Vs Minnesota Timberwolves

Em destaque, teremos duelos contra possíveis adversários de primeira rodada (Utah e Spurs), sendo que no momento, estamos perdendo a série por 2-1 para ambos. Serão jogos chaves e must-win.

HE CALLED GAME

Na noite de ontem (14), o Nuggets recebeu o Mavs em Denver no que deveria ter sido um jogo fácil. Entretanto, o Mavericks dificultou o jogo com boas ações na defesa e com um backourt infernal. Tanto Doncic, quanto Brunson, bagunçaram a defesa e lideraram o Mavs durante o jogo.

Pela maior parte do duelo, o Nuggets ficou atrás do placar. O time sofria para finalizar as jogadas e ainda teve que lidar com atuações tímidas de Barton, Murray, Harris e até certo ponto Jokic. A exceção foi Millsap, que teve um dos seus melhores jogos com a camisa de Denver, totalizando 33pts na partida, com um primeiro tempo de mais de 20pts.

No último quarto, o Nuggets perdia por dois dígitos quando Jokic finalmente chamou a responsabilidade. O pivô estava 0/4FG e apenas dois pontos no jogo e contribua apenas com assistências e rebotes, porém, marcou nove pontos no último período.

O time, que ficou atrás o jogo todo, voltou e virou o jogo, deixando 23 segundos no relógio. O tempo foi o suficiente para Doncic cravar e sofrer a falta em uma bela jogada, colocando o Mavs à frente por 99 a 98, com 5seg restantes. Luka errou o lance livre e a vantagem seguiu em um ponto.

Com a última posse, o lado quadra foi cobrado diretamente para Jokic, que infiltrou no garrafão contra a defesa de Powell e no estouro do cronometro, matou a bola da vitória!

Crédtito: NBA.com

ACABA LOGO!!

Seja Spurs, Jazz, Clippers, a expectativa em Denver para os playoffs é grande. O time teve ótimos jogos na temporada e é o melhor mandante da NBA, algo que nos faz acreditar que, com o mando de quadra, podemos ir longe nos playoffs!

Tags
Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Chegar

Close
Close