fbpx
Vancouver Canucks

HOJE É DIA DE DRAFT NA NHL. QUAIS AS POSSIBILIDADES PARA O VANCOUVER CANUCKS?

Enquanto ligas menores fizeram seu draft ontem a NHL estará em Vancouver realizando o recrutamento para a temporada 2019/20. Se o Top 2 é barbada as escolhas de 3-15 são absolutas incógnitas, com jogadores que podem figurar entre 3-7, 5 e 15… enfim. Não me recordo de outro draft com prognósticos tão dispares entre os especialistas.

Pudera, a turma é forte, mas sem foras de série, exceto, talvez, pelo Top2. Turcotte, Byram, Cosens, Dach, Caufield, Zegras, Boldy, Krebs, Podkolzin entre outros. Uma grande quantidade de jogadores de frente. Centrais e wingers. Ao contrário do último ano as opções defensivas devem ficar para a segunda metade do 1st round, com exceção de Byram, LDH do Vancouver Giants da WHL e, talvez um sueco entre Broberg e Soderstrom.

Mas vou me ater as possibilidades do Vancouver Canucks no Draft. Com a 10ª escolha quais as melhores opções para continuar o processo de rebuild? Trade Up, Trade Down, melhor jogador disponível, suprir carências do elenco?

Trade Up:

A melhor opção seria subir no draft em busca de Bowen Byram, defensor com potencial enorme que teria tudo para fechar com Quinn Hughes o lado esquerdo da defesa e ainda servir em linhas especiais. Com dois defensores de enorme potencial na esquerda não precisaríamos mais da incógnita Juolevi, que poderia ser usada como moeda de troca, bem como Edler, que após renovar seu contrato poderia se despedir em dois anos sem qualquer impacto para o time. 

Mas para pegar Byram o foco seria subir para as escolhas 3-5. Difícil subir tanto no Draft sem se desfazer de peças valiosas. Provavelmente as equipes pediriam Horvat, Boeser, Hughes ou Pettersson. Se conseguisse subir, usando a 10ª, Juolevi, Gaudette, Demko ou Virtanen e mais uma escolha a partir do 3rd round estaria de boa, mas acho difícil.

Outros rumores davam conta de que há negociações para fazer trade Up com Detroit, acaso o Central Zegras esteja disponível, bem como a possibilidade de subir para a 8ª em uma negociação com o Edmonton.

Trade Down:

Trade down é uma possibilidade real. Estariam em alta na cotação de Benning jogadores de defesa, bem como Newhook, que está cotado para ser escolhido entre 12 e 16. Seu potencial é tão grande quanto o de qualquer top10, mas sua carreira seguiu rumo distinto. Focando a Universidade ele se manteve em uma liga junior inferior, a BCHL, liga amadora de British Columbia. Apesar disso fez uma temporada espetacular e se destacou na seleção canadense sub18. 

Trade down, no entanto, dependerá de ter algum retorno que compense o risco e isso pode fazer com que o Canucks escolha Newhook mesmo na 10ª posição.

Melhor jogador disponível:

A turma é muito equilibrada. Difícil dizer quem é o melhor com todas as variáveis. O nome de Krebs começou a ser ventilado recentemente na 10ª escolha. Ele era o alvo do trade up com o Edmonton, mas um rompimento parcial no tendão de aquiles pode fazer com que esteja disponível na 10ª posição. Ele foi um dos jogadores que foram a Vancouver para nova entrevista após o NHL Combine de Buffalo, evento que reune os principais calouros e onde são feitas as entrevistas com cada um. Se a equipe médica de Vancouver entender que esse problema que o deixará fora dos rinks até outubro não ameaça sua carreira acredito ser uma aposta segura para o pick 10.

Krebs não tem números expressivos na WHL, mas os analistas reputam isso ao péssimo time que ele jogava e não na ausência de habilidades, que estariam todas presentes. Patinação, chute, pulso. Capaz de jogar em qualquer posição do ataque seu hockey sense é de elite e é visto como um excelente winger para a linha de Horvat.

Outras opções bastante aventadas para a pick 10 são Boldy, power foward com potencial para 1st ou 2nd line, com bom tamanho, boas habilidades. Ele seria o que o time imaginou que Virtanen poderia vir a ser, mas diferentemente de Virtanen seu Hockey Sense é superior, ou seja, a grosso modo é um jogador que joga com a cabeça erguida, observando o jogo e escolhendo as melhores jogadas, ao contrário do Shotgun Jake, que abaixa a cabeça e vai embora.

Caufield, que fez um sub18 brilhante também poderá estar disponível. Uma máquina de fazer gols, coloca o puck como e onde quer, sniper nato, mas que pode ser preterido em função de seu tamanho. Se hoje jogadores pequenos conseguem destaque em seus times o Vancouver terá receio em escolher mais um por já ter Elias Pettersson e Quinn Hughes.

Suprir carências do elenco:

Hoje as carências do Vancouver ficaram expostas não apenas na defesa, mas também nas alas, o que pode perfeitamente juntar a fome com a vontade de comer. Mas se ainda estiverem atrás de um defensor as principais opções seriam os 2 suecos acima mencionados ou Cam York, que fez um grande mundial sub 18, nenhum, no entanto, empolga tanto. É certo que será uma decepção generalizada se a escolha recair para um desses.

Se eu fosse Benning minha lista Top15 seria a seguinte:

Hughes

Kakko

Byram

Turcotte

Dach

Cozens 

Zegras

Krebs (dependendo das questões médicas)

Boldy

Caufield

Newhook

Cam York

Broberg

Sandstrom

Podkolzin.

Realisticamente falando, no pick 10, poderão estar disponíveis os jogadores de Krebs para baixo, então a ordem de preferência pode perfeitamente ser lida desse ponto em diante, com clara preferência por um jogador ofensivo.

Podkolzin, que no início do ano era projetado como top3, caiu em todos os mock drafts pelo risco Rússia, pela possibilidade de vir a ficar preso na KHL por anos, antes de poder rumar para os EUA, uma vez que já tem um contrato assinado com uma das equipes mais ricas da KHL até 2021. Além disso sua habilidade de patinação é bastante criticada, o que pode tornar difícil sua adaptação aos rinks menores da América e anular suas demais habilidades que o colocariam seguramente entre os principais jogadores da turma.

Rapidinhas do Canucks:

Elias Pettersson conquistou o Calder Trophy na noite de quarta feira. Foi apenas o segundo Canuck a conquista o título de calouro do ano. O primeiro foi o Foguete Russo Pavel Bure. No ano anterior Boeser já batera na trave, ficando fora da disputa após sua contusão que antecipou o fim de sua temporada. Para 2019/20 Quinn Hughes desponta como um dos favoritos;

Nhl Official site
Nhl Oficial- Elias Pettersson tira foto com o Calder Trophy

Alex Edler renovou por mais duas temporadas com o Canucks. Ainda importante na defesa Edler ficará mais dois anos com um salário inflacionado, porém será o período em que o time terá flexibilidade. Ao final de seu contrato estará livre e não precisará ser protegido no expansion draft. O Canucks tem sido bastante generoso com seus ídolos que não se chamam Trevor Linden.

A franquia divulgou na última semana os quatro uniformes que usará durante sua 50ª temporada. Destaque para a volto do Flying Skate, uniforme que marcou época e é adorado por sua torcida. Os uniformes principais permanecem sendo os da Orca, com a diferença que não serão mais acompanhados do nome da cidade. Vancouver não fará mais parte do logo. O último modelo foi bastante contestado e é uma reprodução do primeiro uniforme utilizado. O emblema pobre do rink com um puck no meio nem foi o principal problema para muitos, afinal, é histórico. A queixa foram as faixas verdes na manga.

Icethletics.co – divulgados os 4 modelos que serão usados pelo time na próxima temporada.

Em relação ao novo contrato de Boeser, especula-se que ficará entre 4 e 5 anos e 7 e 8 milhões de cap. As negociações se arrastam e estão em compasso de espera em razão do draft.

Eriksson pediu para ser trocado, após reclamar publicamente de Travis Green durante o Mundial da Eslováquia. Muito se comentou da possibilidade de ser trocado por Lucic do Edmonton. Outra possibilidade seria Neal do Calgary. Não há nada de concreto ainda a este respeito;

O time ainda não trabalha na renovação dos RFA: Motte, Leivo, Granlund, Goldobin, Hutton, Schenn entre outros. Benning declarou recentemente que cada situação seá analisada após o draft de hoje.

Outro rumor que deu o que falar surgiu ontem com a possibilidade de Chiarelli ser colocado como conselheiro da administração do time. A torcida está apreensiva com a possibilidade, mas não existe nada de concreto.

Tags
Mostre mais

Gustavo Macieira

Fã de hóquei desde Mário Lemieux Hockey pro Sega Genesis e torcedor fanático dos Canucks desde 2011, depois de virar a casaca e deixar de torcer pro New York Rangers.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close