fbpx
Milwaukee BucksSem classificação

MOVIMENTAÇÕES

Salve galera, chegando texto novinho sobre nossa franquia querida e hoje vamos falar sobre algumas movimentações para a formação da equipe.

REFORÇOS DE PESO

Chegam nessa temporada dois nomes fortes Robin Lopez e Wesley Matthews, atletas com rodagem na liga e com qualidade para elevar ainda mais a força da equipe.

Jon Horst falou sobre os atletas recém chegados: “Robin é uma presença interna que nos dará profundidade importante no centro. Ao trazer sua experiência para os Bucks, Robin também é uma pessoa de grande personalidade dentro e fora da quadra, e estamos muito animados para recebê-lo”.

“Wes é um ala experiente que trará profundidade na quadra de defesa. Ele é um jogador versátil que ajudará no nosso perímetro, além de ser um jogador de muita qualidade. Estamos felizes em tê-lo de volta em Winsconsin com os Bucks”.

Robin Lopez, o mendigo da NBA, apareceu em 74 partidas, 36 como titulares com o Bulls na última temporada e teve uma média de 9.5 pontos, 3.9 rebote, 1.2 assistências e 1.1 tocos, arremessando 56,8%. Em suas últimas três temporadas com o Bulls teve uma média de 10.5 pontos e 5 rebotes, acertando 52,6% dos seus arremessos.

Chegando a sua 12° temporada na NBA, o pivô tem médias na carreira de 9.1 pontos, 5.3 rebotes e 1.2 tocos por partida em 766 jogos com Phoenix, New Orleans, Portland, New York e Chicago.

Wesley Matthews, está na sua 10° temporada, vindo de uma temporada com os Mavericks com médias de 12.2 pontos, 2.5 rebotes e 2.3 assistências em 69 jogos (68 como titular). Ele terminou a temporada 2018/19 com o Pacers, começando 23 jogos, com médias de 10.9 pontos em 31.5 minutos.

O ala de 32 anos atuou em 724 jogos em suas 10 temporadas, com Utah, Portland, Dallas, New York e Indiana. Na carreira possui médias de 12.9 pontos, 3.4 rebotes, 1.4 assistências e 1.3 roubos de bola.

São dois veteranos que chegam para agregar muito, certamente são contratações para vir do banco e dar tempo de respirar aos titulares, mas sem diminuir a qualidade da equipe. Ambos atletas são muito bons defensores e conseguem contribuir ofensivamente, mesmo que pouco, são pelo menos 20 pontos em média a mais para a equipe.

Tags
Mostre mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close